Home
Para nós cada cliente é único, cada personalidade, caracteristica, gostos, fazem da nossa fotografia única. Cada ensaio envolve uma emoção, um riso diferente. A felicidade eterniza-se nas fotos. O momento eterniza-se na lembrança. Não queremos apenas realizar seus sonhos, queremos tornar o seu sonho o dia mais feliz da sua vida!Divida conosco suas melhores histórias. Estamos ansiosos para conta-las!
Sobre.     Contato.
Buscar
Escolher Um Mês
Ver Todos os Ensaios
Face.
insta.

Nada como acordar 5h30 e ver o sol nascendo, e ainda fazer um ensaio lindo, com esse mulherão. Quando nós mandamos a proposta do ensaio ser no nascer do sol, a Camila topou na hora. Acho que ela se divertiu bastante, afinal, andou descalça na terra, dançou, pulou, correu, fez 'carão'.
Sendo amigo pessoal da Camila nós escolhemos um lugar que tivesse uma relação com ela, a futura bióloga é apaixonada pela natureza e nada melhor do que fazer um ensaio no meio do mato, e o que não falta aqui no interior do Paraná... é mato!
Lá fomos nós, o sol quase nascendooooooo eeee..... o pneu do caro furou! Não deu nem tempo em pensar em desistir. Aho que foi a troca de pneu mais rápida que eu (Diogo) já fiz na vida, mas valeu a pena, contemplar essa paisagem linda aqui no 'nortão' do Paraná com o raiar do dia.

Este ensaio surgiu de uma frase muito próxima disso: "você nunca fez um ensaio externo meu" Como dizem: "casa de ferreiro o espeto é de pau". Apesar de fotografar muita gente, as vezes deixamos de fotografar aqueles que estão perto e todo dia com a gente, aqueles que amamos, simplesmente por fotografar, sem preocupação, sem correria, sem cobrança.
Apenas se divertir muito e clicar bastante.
Já fotografei minha esposa várias vezes, vários cabelos e várias fazes dela, mas era sempre dentro de casa, uma luz de janela, um cantinho ou com flash de estúdio quando morávamos em um apartamento de 40m². Foi quando ela me cobrou em um final de semana em casa, que eu percebi que realmente, nunca havia fotografado ela em um local externo, do jeito que ela gosta: "com um solzinho de fundo".
Foi muito gostoso fotografar minha esposa, minha dica para maridos fotógrafos: cliquem mais suas esposas, elas são (e devem ser) sua maior fonte de inspiração.

A Tay queria fazer um ensaio após o seu casamento, com o vestido que ela usou, cabelo, maquiagem, tudo igual ao dia do casamento, o Kleber também, começamos então a conversar como seria o ensaio, onde, foram algumas semanas de busca por alguns lugares, inicialmente queríamos fazer em uma montanha, depois passou para uma pousada e assim fomos pirando juntos.
Depois de quase um mês, decidimos onde seria a sessão de fotos, ela conseguiu o vestido e também o terno para o Kleber, e quando chegou na semana do ensaio: CHUVA.
Sim muita chuva, no dia que estava marcado o ensaio choveu, eu lembro da Tay falando ao telefone que estava bem triste, conversamos sobre não desistir do ensaio e que faríamos outros dia, tudo daria certo.
Algumas semanas de frio e chuva se passram, e alguns dias depois achamos outro lugar mais perto, o ensaio iria acontecer em uma igrejinha abandonada aqui na região, o que nós não imaginamos é que no local estaria plantado milho ao redor da igreja, pés gigantes de milho, impossibilitando o acesso.
Resolvemos fazer por ali mesmo o ensaio, afinal como diz "se a vida te der limões, faça limonada". Encontramos uma plantação de trigo bem pequena ainda, que formava um grande tapete verde e começamos a sessão de fotos, então lembrei que havia visto uma platação de eucaliptos no caminho para a locação e ficava bem próximo.
Foi ali que o sol ficou intenso e muito bonito, entramos "floresta" adentro e fizemos fotos I-N-C-R-Í-V-E-I-S, foi muito divertido e muito gostoso de fotografar este casal de amigos.
Contei toda essa história para as pessoas não desistam daquilo que elas querem e desejam, não importa quantas dificuldades apareçam, não adaptem para algo que é mais fácil, não faça se você quer fotografar no topo do himalaia, FAÇA. No fim, irá valer a pena, o resultado vocês conferem aqui.

Nós ficamos muito felizes em ver o "nascimento" de mais uma família, de contarmos esta história para vocês através da fotografia. Ainda mais quando conhecemos bem a história do casal e sabemos o quanto o Benjamin foi desejado e projetado.

 

Ahhhh o verão, época de descansar, curtir uma boa praia, se apaixonar, amar, curtir a vida, relaxar e descontrair.
Nós sempre adoramos o verão, praia, sol, água de coco, mar, e como fotógrafos um dos nossos sonhos (que se realizou) era fotografar um casal na praia, nesse ambienta onde o relógio parece não fazer parte do dia a dia. E melhor do que fotografar um casal, foi fotografar meu irmão Douglas e minha cunhada Rosane, um dia que começou bem cedo, nada projetado ou elaborado, apenas ira até a praia e fotografá-los como eles são.
O resultado foi um dia todo de muita risada, muitas fotos e uma parceria que eu (Diogo) já levo comigo a anos. Fotografar nossos clientes é muito bom e desafiador, mas fotografar nossos amigos, nossa família, nossa história é algo que não tem como mensurar.

Páginas:
  • 1,
  • 2,
  • 3,
  • 4,
  • 5,
  • 6,